Etiquetas

, , , , ,

Milhões para a banca

BCP, BPI e Caixa Geral de Depósitos anunciaram anteontem que vão aceder a seis mil e 600 milhões de euros colocados à disposição da banca pelo Governo. Deste montante, cinco mil milhões de euros provêem do empréstimo da troika ao Estado português, no âmbito do qual ficaram automaticamente cativos 12 mil milhões de euros para “injectar” nas entidades financeiras.

O BCP é a instituição que requer um valor mais elevado, três mil e 500 milhões de euros, seguida pela CGD, mil 650 milhões, e pelo BPI, mil e 500 milhões.

O Banif também já admitiu recorrer ao chamado fundo de recapitalização, mas ainda não fez nem avançou qualquer estimativa oficial sobre a importância. O BES e o Santander Totta recusam, para já, recorrerem à verba pública disponibilizada, afirma o Governo, para garantir a solvabilidade e solidez da banca.

Fonte Jornal Avante! 6.6.2012 

Anúncios